O impacto da imagem no sucesso pessoal e profissional

17/10/2016 18h34 - Atualizado em 17/10/2016 18h36

Estudos indicam que em menos de 10 segundos formamos um julgamento inicial da pessoa com quem estamos interagindo ou observando. Você sabia? Este é o tema de hoje da consultoria Fernanda Cavenaghi. 

Tal dado mostra que somos seres visuais e, em poucas palavras, nossa imagem é a percepção que o outro tem de nós. É a partir dela que portas se abrem ou fecham.

Pesquisas apontam que pessoas que se preocupam com a imagem que estão passando no ambiente de trabalho ganham 9% a mais do que as pessoas que não se preocupam. Observe que a questão aqui não é em relação à beleza, mas sim em relação a ter uma imagem bem cuidada.

Como gerenciar a sua imagem

A imagem de uma pessoa existe em cinco dimensões diferentes. Já a percepção total que os outros têm de nós é a combinação dessas cinco dimensões da imagem. Elas se completam!

Assim, todas as dimensões da imagem de uma pessoa devem estar alinhadas e comunicando a mesma mensagem. Esse é o segredo para transmitirmos credibilidade tanto na vida pessoal quanto na profissional.

A primeira delas é uma dimensão interna e chamamos de autoimagem. Essa dimensão está relacionada com o julgamento que fazemos do nosso exterior e interior, como a aparência, as habilidades, o comportamento. 

  • A autoimagem afeta diretamente como nos sentimos e a confiança que temos em nós mesmos. A segurança e a autoconfiança influenciam em tudo que fazemos, ajudam a projetar credibilidade e, dessa forma, contribuem ou não para nosso sucesso pessoal e profissional.

A segunda dimensão da imagem pessoal está ligada ao que as pessoas (nossos clientes, fornecedores, amigos e familiares) pensam e falam a nosso respeito.

  • É fundamental sabermos o que as pessoas de nossa confiança pensam e falam a nosso respeito, uma vez que a nossa reputação pode abrir ou fechar portas antes mesmo que as pessoas nos conheçam pessoalmente.

A terceira é a dimensão visual da nossa imagem. Somos observados o tempo todo, e, muitas vezes, nem percebemos.

  • A escolha de cada peça e acessório, o cuidado com a aparência, a forma física, a postura e linguagem corporal influenciam fortemente o julgamento que os outros fazem de nós.
  • As pessoas buscam nos primeiros segundos de qualquer interação evidências visuais que falem a nosso respeito: sobre nossos valores, personalidade e estilo de vida.

A quarta dimensão é o que chamamos de imagem vivenciada e inclui nossos comportamentos, atitudes e habilidades de comunicação e relacionamento.

A quinta e última dimensão é a imagem comprovada. Na convivência, as pessoas esperam que tudo o que projetamos por meio das dimensões anteriores seja confirmado nas nossas ações.

Benefícios do gerenciamento da imagem

Profissionais: projeta profissionalismo, qualidade, confiabilidade e competência; ganha maior visibilidade; tem maior chance de crescimento e promoção; tem maior vantagem competitiva e mostra que “pertence” a empresa.

Pessoais: projeta autoconfiança e segurança; ganha maior visibilidade, tem maior chance de conquistar seus objetivos, amplia os círculos de convívio.

Tome nota

O primeiro passo do gerenciamento da imagem é definir qual imagem você gostaria de expressar. Como sugestão, reflita sobre as qualidades que você gostaria que fossem associadas a seu nome, principalmente àquelas que você sabe que o diferenciam dos outros profissionais da sua área, e faça delas sua marca registrada. Investigue também a imagem que você transmite atualmente. O que as pessoas de sua confiança acham de você?

  • Fátima Bernardes (Foto: circuitomt.com.br)
  • Helena Bordon (Foto: helenabordon.com)
  • Gisele Bündchen (Foto: novidadesgratis.com.br)
  • Rodrigo Lombardi (Foto: entretenimento.uol.com.br)
  • Leonardo DiCaprio (Foto: estilobifasico.com)
  • Barack Obama (Foto: finanzmarktwelt.de)