O poder das cores

31/10/2016 11h21 - Atualizado em 14/12/2016 12h21

Aquela sua blusa laranja que acabou de comprar fica incrivelmente perfeita na sua amiga, mas quando é a sua vez de usar parece que tem algo de errado com você. Você certamente já deve ter vivenciado situações parecidas como a descrita. Acredite, há explicação para isso! Hoje vamos falar sobre coloração pessoal com dicas preciosas e práticas da consultoria Fernanda Cavenaghi.

Cada pessoa tem um conjunto de cores que mais favorece os seus traços e o tom da sua pele. E não necessariamente aquela cor que mais gostamos é a que de fato irá nos valorizar.

Apesar das pessoas serem livres para escolher as cores das peças de roupas que vão usar, essa combinação existe para que as pessoas se sintam mais valorizadas fisicamente. Como? Usando uma cor que esteja em harmonia com seu tom de pele.

Cores frias x cores quentes

As  cores   podem   ser classificadas em cores frias  e  cores quentes. Conforme  mostra o círculo cromático abaixo, nas cores frias predominam o azul e o violeta, passando para o rosa e para o verde.   Já   nas   cores   quentes predominam os tons amarelados passando para o laranja e o vermelho.

Na consultoria de imagem utilizamos uma técnica chamada análise de coloração pessoal, que objetiva encontrar a paleta de cores que mais valoriza o tom de pele de uma pessoa. Uma das características analisadas nesta técnica é a temperatura da pele, que assim como as cores, pode ser classificada em quente ou fria.

Vale ressaltar que, no Brasil, é muito difícil falar em peles totalmente frias ou totalmente quentes, uma vez que a miscigenação de raças é muito grande. Dessa forma, falaremos em   harmonia quente e harmonia fria.

Em resumo, harmonia fria pede cores frias. Já a harmonia quente pede cores quentes. O objetivo disso é encontrar as cores que mais favoreçam o tom de pele de uma pessoa, ou seja, encontrar as cores que deixam o indivíduo com um aspecto saudável.

É importante lembrar que a sua paleta de cores além de interferir na sua roupa irá interferir também na cor dos seus acessórios, da sua maquiagem e até mesmo na cor do seu cabelo.

Como encontrar as suas cores?

Conforme explicado anteriormente, em resumo, o que determinará as melhores cores para você é a temperatura da sua pele (quente ou fria). E a melhor forma de diagnosticar a temperatura de uma pele é através de um tecido prateado e um dourado.

Vá até um espelho e coloque um dos tecidos na sua frente (no seu colo). E depois repita com o outro tecido. Aquele que te deixar com a aparência mais saudável, ou seja, aquele que te der mais equilíbrio (sem ressaltar os “defeitinhos”, como manchas e olheiras) será a cor certa.

Se preferir, ao invés de usar o espelho, coloque um dos tecidos na sua frente e tire uma foto, e depois repita com o outro. Talvez, na imagem, você conseguirá analisar melhor e, assim, ver a diferença.

Mas, atenção: faça esse teste sem maquiagem e de cabelo preso, para que a cor atual do seu cabelo não interfira. E, se possível, em um ambiente que tenha luz do sol, pois dependendo da lâmpada, pode haver interferência no seu teste.

O tecido prateado indica cores frias e o dourado tons quentes. Feito isso, é só escolher peças que estejam nas cores indicadas para o seu tom de pele. Se por acaso, aquela cor que você ama está fora da escala que te valoriza, não se preocupe, você pode optar por usar essa cor na parte de baixo do look: calças, saias, shorts, sapatos e acessórios não tão perto do rosto.

Quer mais uma dica?

Você pode tentar variar a tonalidade de uma mesma cor para ver se funciona melhor. Observe a imagem da Carolina Ferraz. Apesar da sua harmonia ser quente, ela está usando   uma blusa verde (cor fria). Entretanto, esse tom de verde não é puro, em sua composição há mistura   de   outros   pigmentos formando o   verde-oliva, tonalidade que proporciona maior harmonia com o seu tom de pele.

Assim sendo, é importante que uma pessoa de pele quente ao usar uma roupa verde escolha   um  tom   de   verde   não  muito   frio.  Da mesma forma, uma pessoa de pele fria não deve usar um batom vermelho de tom muito quente, como um vermelho alaranjado.

Conseguiu perceber? Não se trata de uma regra, mas sim de uma maneira interessante de encontrar a melhor opção de cor para cada pessoa. Talvez aquela cor que você insiste em usar não esteja te valoriza tanto assim. Por outro lado, aquela   cor   que   você   não   usa   pode simplesmente te transformar. Passe a observar, essa experiência pode ser reveladora! 

 

  • Circulo Cromático
  • Harmonia Quente
  • Harmonia Fria